Projeto CultAS adapta sua metodologia e mantém atividades durante a Pandemia

36

Há mais de dois anos a Casa da Cultura de Valente vem desenvolvendo ações do Projeto Cultura Ativa no Sisal – CultAS. O Projeto é uma iniciativa da Fundação APAEB contemplado pelo Edital de Apoio a Ações Continuadas de Instituições Culturais 2017 que tem apoio financeiro do Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura e Secretaria da Fazenda, com recursos do Fundo de Cultura da Bahia. Neste último ano, por conta da Pandemia provocada pelo novo coronavírus, a metodologia e programação de ações precisaram sofrer alterações para atender aos decretos e recomendações dos órgãos competentes.

Folia de Reis na comunidade de Barriguda em Valente-BA

A partir do objetivo de dinamizar a Casa da Cultura, a Fundação APAEB realiza através do Projeto CultAS, diversas oficinas de formação cultural em música, dança, teatro, audiovisual, capoeira e ainda promove eventos de valorização da cultura regional. Até o 5° semestre do Projeto ocorreram 06 apresentações de teatro de rua, 03 reisados, 02 sambas de roda, 2 Festivais de Cultura e um total de 2.147 pessoas participaram das oficinas e eventos.

Oficina de Teatro pelo Google Meet

Diante da realidade imposta pela pandemia, as oficinas estão acontecendo de forma remota ou online e os demais eventos previstos para este semestre seguirão o mesmo processo. A adequação causou muita expectativa tanto da equipe do projeto quanto dos participantes, mas o engajamento e participação tem sido surpreendente.

Isabelle Oliveira – aluna da Oficina de Teatro

“Eu nunca achei que seria tão legal. Consigo me expressar pela tela do celular, do computador, apesar de infelizmente não estarmos perto. Sempre gostei de me apresentar e a experiência ta sendo incrível. O teatro além de permitir que eu me expresse ao máximo, também me relaxa”, manifestou entusiasmada Isabelle Oliveira, aluna da oficina de Teatro.

Deise Moraes – Facilitadora da Oficina de Contação de Histórias

“Os recursos que nos são oferecidos pela internet têm proporcionado com que a Contação de histórias ampliasse a oportunidade de crianças conhecerem novos livros inspirando-as a se interessarem mais pela leitura. Acredito que depois que isso tudo passar teremos desenvolvido outras e novas formas de narrar histórias”, expôs a facilitadora das oficinas de Contação de Histórias, Deise Moraes.


Macerval Araujo – Diretor Geral da Fundação APAEB

“A continuidade do CultAS mantém as etapas previstas seguindo as orientações dos órgão de saúde. Com um plano de execução adequado e deliberado pela SECULT estamos conseguindo manter a dinâmica cultural da Casa da Cultura, ainda que de forma virtual”, destacou Macerval Araujo, o diretor geral da Fundação APAEB.

Através de vídeos, reuniões virtuais, hiperbooks e demais tecnologias foi possível expandir o público das oficinas para além de Valente. Em algumas oficinas há alunos de outros municípios como Serrinha, Riachão do Jacuípe. “Nesse momento, a internet e as tecnologias digitais possibilitam a utilização de instrumentos pedagógico capazes de nos fazer chegar a lugares que antes não tínhamos acesso. Conseguimos levar as atividades do CultAS para a casa de pessoas que inclusive nunca estiveram no espaço físico da Casa da Cultura de Valente. Apesar do contexto, ficamos felizes com o envolvimento e resultados que estão sendo apresentados”, manifestou Virgínia Araújo, coordenadora do CultAS e gestora de projetos da Fundação APAEB.