Encontro de Sambadores reúne gerações para celebrar a cultura popular

25

O Encontro de Sambadores promovido pela Fundação APAEB através do Projeto Cultura Ativa no Sisal (CULTAS) no dia 20 de abril, reuniu pessoas de todas as idades na Casa da Cultura em Valente, Bahia, para celebrar a cultura popular. Esta iniciativa teve o apoio financeiro do Governo do Estado através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia.

O evento proporcionou uma oportunidade única de reconhecimento aos “Mestres do Samba”, destacando a importância deles na preservação e continuação da cultura popular na região sisaleira.

O Encontro começou com uma dinâmica animada e contou com a participação da Diretora de Cultura do município, Valdilene Matos, que falou sobre as Políticas Públicas voltadas para os Fazedores de Cultura. 

Na oportunidade, Valdilene destacou que neste ano de 2024 o município recebeu 205.000 (Duzentos e Cinco Mil Reais) da Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura (PNAB) e que esse valor poderá aumentar nos próximos 03 anos se for comprovado que o município tem demanda. 

Ao socializar essas informações, a diretora fez um convite para que os sambadores participassem da construção do plano de ação de execução da PNAB. “Já que temos esse recurso disponível, a gente precisa que vocês que são da categoria dos sambas estejam presentes pra dizer o que querem, para a gente poder usar esse recurso, pois a lei diz que eu só posso utilizar depois que eu faço esse plano e coloco no sistema e aí o governo libera o dinheiro”, convidou Matos.

A PNAB beneficiará trabalhadores(as) da cultura, as entidades, pessoas físicas e jurídicas que atuem na produção, na difusão, na promoção, na preservação e na aquisição de bens, produtos ou serviços artísticos e culturais, inclusive o patrimônio cultural material e imaterial.

Os sambadores também tiveram um momento de diálogo com a Gestora de Projetos da Fundação APAEB, Virgínia Araújo, que destacou a importância do evento e de como a Fundação APAEB tem persistido na valorização da cultura popular através da execução de diversos projetos, como é o exemplo  do CULTAS iniciado em 2017.

“A Fundação Apaeb vem ao longo destes 5 anos de projeto CultAS contribuindo para revitalização da cultura popular, e o samba de roda tem sido uma atividade destaque com o roteiro do samba, anima as comunidades, já passamos pelos quatro cantos do município e sentimos a alegria daqueles que participam e festejam estes momentos junto conosco. Isto fortalece a vida em comunidade e alimenta a alma das pessoas que tiveram a oportunidade de conhecer quando ainda eram crianças, mas também oportuniza os jovens a conhecerem as manifestações culturais da nossa gente”, afirmou Virgínia.

Após essa conversa, os grupos de Samba de Roda da Ladeira, Quixabeira e Topa Tudo animaram o momento com o ritmo contagiante do samba e chamou todos os presentes para cantar e dançar.